O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

A PALAVRA DE DEUS NO DIA DO SENHOR

18 de junho de 2017

Décimo primeiro Domingo TC ano A

Imprimir Voltar

1 -Aprofundando os textos bíblicos:     

Décimo primeiro Domingo do Tempo do Discipulado e da Missão – A:
DOMINGO DA COMPAIXÃO

Mateus 9,36-10,8
O Evangelho, o Projeto de Jesus é um “samba de uma nota só”: a ternura de um coração que se compadece da dor, sob todas as suas formas, e anda à procura de gente que, por sua vez, se compadeça também, porque a dor é tanta e são poucos os que lhe são realmente sensíveis...
Somente essa compaixão será capaz de redimir o mundo de todas as suas mazelas, encontrando, com a criatividade própria do amor, os jeitos e meios de libertar as pessoas e as sociedades dos males que as infelicitam.
Ser cristão é essencialmente sentir-se chamado a viver a compaixão do coração de Cristo. Esta é a essência do discipulado e da missão. Oxalá nossa liturgia celebre esta experiência semanal da compaixão, e a ternura do coração de Jesus seja a fonte primeira de inspiração dos nossos cantos, como parece ter sido a do Cântico de Maria, sua Mãe...
Os tempos andam carregados de aflições.
E há ameaças no ar, que, por si só, são causa de muita apreensão e angústia:
- os Programas Sociais correndo risco de encolhimento ou mesmo de extinção...
- as “Reformas” em debate no Congresso, que mexem com os direitos adquiridos e consolidados da Classe Trabalhadora e de todos os empobrecidos, conquistados com quase dois séculos de luta...
- a situação de toda a população que depende do SUS...
- a situação da Educação Pública...
- Saúde e Educação condenadas a uma crescente precarização por conta do congelamento dos gastos públicos por 20 anos...
-  violência crescente, do machismo, da homofobia, do tráfico, das polícias, dizimando muita gente, sobretudo os jovens negros,as mulheres, a população LGBT...
- a desigualdade social que só faz aumentar, enquanto os bancos e as farmácias só fazem aumentar seus lucros...
Enquanto isso, Papa Francisco, em nome do Evangelho, nos convocaa sairmos ao encontro de toda esta gente, de toda esta
dor... para darmos passos em demanda

Ofertório: OFERECEREI -Sl 116 b
(ODC Part. I p. 141)
OFERECEREI O MEU SACRIFÍCIO
E INVOCAREI O SEU SANTO NOME!

1.Mantive a fé, mesmo ao dizer: “Sou um desgraçado!”
Em minha angústia, eu disse: “Todo mundo é falso!”
- Como é que vou retribuir o Eterno Amor
Por todo o bem que ele fez em meu favor?

2.Vou levantar a taça da libertação,
Do Eterno Amor invocarei o nome, então.
- Eu vou cumprir meus votos ao Eterno Amor...
Perante o povo todo eu vou cumprir, eu vou!

3.É preciosa aos olhos do Amor Eterno,
O fim da vida de quem morre e lhe é fiel!
- De tua serva filho sou, eu sou teu servo,
Minh as algemas tu quebraste, Amor Eterno!

4.De ação de graças te farei uma oblação
Do Eterno Amor invocarei o nome, então.
- Eu vou cumprir meus votos ao Eterno Amor...
Perante o povo todo eu vou cumprir, eu vou!
- Sim, nesses pátios da morada do Amor,
Em meio a ti, Jerusalém, cumprir eu vou!

(5) Louvação do Povo de Deus
                      (HIN. III, p. 71)

/:EU VOU CANTAR UM BENDITO,
UM CANTO NOVO, UM LOUVOR!:/

1. /:Ao Deus, Pai santo e bondoso               por Cristo, Nosso Senhor!:/

2. Morrendo e ressuscitando             
Cristo Jesus nos salvou! 

3.Por Cristo fomos chamados           
das trevas ao esplendor!

4. Da morte à Vida passamos
    e do pecado ao Amor!

5. Nós somos teu Povo santo,
    teus Sacerdotes, Senhor!

6. Nação de Reis e Profetas,
    tuas Testemunhas, Senhor!

7. Povo do Céu e da Terra
    celebra o seu Salvador!

(6) Comunhão: VEM, SENHOR...
     Mt 10,8+ Sl 96(HIN III p. 252)

VEM, Ó SENHOR, VEMCURAR NOSSOS MALES,
LIBERTAR-NOS DAS DURAS CORRENTES!
VEM TRAZER AOS PERDIDOS A GRAÇA
EA SAÚDE VEM DAR AOS DOENTES! 
da TERRA PROMETIDA, onde corre o leite da Justiça e o mel da PAZ.

Abertura: Ó SENHOR, OUVE  (HIN III p. 122)

Ó, SENHOR, OUVE O MEU GRITO,
TU ÉS MINHA PROTEÇÃO;
SENHOR, NÃO ME ABANDONES,
DEUS, MINHA SALVAÇÃO!

1.O Senhor é minha luz
   Ele é minha salvação...
   O que é que eu vou temer?
   Deus é minha proteção!
   /:Ele guarda a minha vida,
   Eu não vou ter medo não!:/

2.Quando os maus vêm avançando,
   Procurando me acuar,
   Desejando ver meu fim,
   Só querendo me matar,
   Inimigos, opressores
   É que vão se liquidar!

3.Se um exército se armar
   Contra mim, não temerei!
   Meu coração está firme
   E bem firme ficarei!
   Se estourar uma batalha,
   Mesmo assim, confiarei!

4.Sei que eu hei de ver, um dia,
   A bondade do Senhor:
   Lá na terra dos viventes,
   Viverei no seu amor!
   Espera em Deus, cria coragem!
   Espera em Deus, que é teu Senhor!

(2) Salmo de resposta: Salmo 100
(HIN III p. 138s)
/:NÓS SOMOS O POVO E O REBANHO DO SENHOR:/

1.Aclamai ao Senhor, ó terra inteira,
Servi ao Senhor com alegria,
ide a ele cantando jubilosos!

2.Sabei que o Senhor, só ele é Deus
Ele mesmo n os fez e somos seus,
Nós somos o seu povo e seu rebanho!

3.Sim, é bom o Senhor e nosso Deus,
Sua bondade perdura para sempre,
Seu amor é fiel eternamente!

(3) Aclamação ao Evangelho: ALELUIA
(HIN III, p. 213s)
/:ALELUIA! ALELUIA!ALELUIA!:/
:/ALELUIA! ALELUIA!ALELUIA!:/

O Reino de Deus está perto.
Convertam-se, irmãos, é preciso,
Creiam todos no Evangelho!
Creiam todas no Evangelho!

1.Um canto novo ao Senhor,
Ó terras todas cantai!
Louvai seu nome bendito,
Diariamente aclamai!
Sua glória, seus grandes feitos
Aos povos todos contai!

2.Ele é o maior dos Senhores:
Merece o nosso louvor;
E mais do que aos deuses todos
Nós lhe devemos temor...
Os outros deuses são nada,
Ele é do céu criador!

3.Sabei que o Senhor é rei
E traz justiça a esta terra...
Alegrem-se o mar e os peixes
E tudo o que o mundo encerra!
Os campos, plantas, montanhas
E as árvores da floresta!

4.Ele é o Senhor do universo
E faz justiça a seu povo...
Aos povos há de julgar,
Reinando no mundo todo!
Por isso, a ele cantai,
Ó terras, um canto novo!
_______________________________
JUNHO, MÊS DOS SANTOS
Sim, mês dos santos mais queridos do povo desta região, sobretudo dos pobres:
Santo Antônio, São João e São Pedro!
Mas, quem sabe o que pregou Santo Antônio ao povo do seu tempo (13/06)?...
O que proclamou São João, às margens do Rio Jordão (24/06)?...
O que escreveu São Pedro (29/06) nas suas Cartas às Comunidades Cristãs?...
Se a gente os conhecesse melhor, se a gente conhecesse bem o que ensinaram, com a palavra e o exemplo, os amaria melhor, e ainda mais, quem sabe!
É uma pena que nossa devoção aos santos e santas se limite a recorrer a eles e elas em busca de proteção...
Imaginem se a gente buscasse nos santos e santas, sobretudo, inspiração!
Inspiração para a nossa vida de família...
Inspiração para nossa convivência com a vizinhança, com os colegas de trabalho...
Inspiração para o exercício da cidadania, para as lutas sociais, por um país melhor, pelo Bem Comum, pelo BEM VIVER!

 

Reginaldo Veloso

 

 

> 2 - Atualizando:    

> 3 - A palavra de Deus na celebração:    

> 4 - Dicas e Sugestões: