O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

CONFIRA NOSSAS PUBLICAÇÕES

Voltar
bulletin blog

OFÍCIO DE SÚPLICA por ocasião de calamidade, perseguição, epidemias

OFÍCIO DE SÚPLICA

(Calamidade, perseguição, epidemias)

 

 

  1. CHEGADA – silêncio – oração pessoal

Mantra: Deus é amor, arrisquemos viver por amor. Deus é amor, ele afasta o medo.

  1. ABERTURA

- Vem ó Deus da Vida, vem nos ajudar!(bis)

   Vem não demores mais, vem nos libertar(bis)

- Venham, adoremos a Nosso Senhor! (bis)

   Ele é o Deus dos fracos, Deus Libertador!(bis)

- Clamo a ti, Senhor, no meu sofrimento,(bis)

   Inclina o teu ouvido, ouve o meu lamento.(bis)

- Ó Deus de bondade, Deus consolador,(bis)

   Enxuga o nosso pranto, cura a nossa dor.(bis)

- Passe este tempo de destruição, (bis)

  Chegue a boa hora da reconstrução. (bis)

- Como o guarda espera o raiar do dia, (bis) 

   Espero o meu Senhor e tu nos alivias!(bis)

- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito.(bis)

 Glória à Trindade Santa, glória ao Deus bendito!(bis)

- Aleluia, irmãs, aleluia, irmãos!(bis)

  Do povo que padece, tragam louvação!(bis)

 

  1. RECORDAÇÃO DA VIDA (recordar as situações que estamos vivenciando nas comunidades com o coronavirus, a situação que se complica com os/as mais empobrecido/as). Ao final, rezar a oração GUIA DEUS A MINHA SORTE – Pág. 656 ODC.
  2. HINO – Quem nos separará – pág, 251 ODC

Com as palavras da carta do apóstolo Paulo à comunidade dos cristãos de Roma, cantemos a força do amor de Deus que vence todas as barreiras e dificuldades.

Quem nos separará, quem vai nos separar, do amor de Cristo, quem nos separará? Se ele é por nós, quem será, quem será contra nós? Quem vai nos separar do amor de Cristo, quem será?

  1. Nem a angústia, nem a fome, nem nudez ou tribulação, perigo ou espada, toda perseguição!
  2. Nem a morte, nem a vida, nem os anjos, dominações, presente e nem futuro, poderes e nem pressões!
  3. Nem as forças das alturas, nem as forças das profundezas, nenhuma das criaturas, nem toda a natureza!

 

  1. SALMO 27 – pág. 48 0DC

No meio das nossas dificuldades e lutas, Deus é a garantia da vitória. Cantemos nossa confiança de que veremos a bondade do Senhor na terra dos vivos.

O Senhor é minha luz, Ele é minha salvação. Que poderei temer? Que poderei temer?

  1. O Senhor é minha luz, Ele é minha salvação. O que que eu vou temer? Deus é minha proteção. Ele guarda a minha vida: eu não vou ter medo, não. (bis)
  2. Quando os maus vêm avançando, procurando me acuar, desejando meu fim, só querendo me matar. Inimigos opressores é que vão se liquidar. (bis)
  3. A Deus peço uma só coisa, sei que Ele vai me dar: habitar em sua casa todo tempo que eu durar, para provar sua doçura e no templo contemplar.(bis)
  4. Ó Senhor, ouve o meu grito e de mim tem compaixão. Eu te falo confiante, firme está meu coração. Eu procuro é tua face, não me tires tua visão. (bis)
  1. LEITURA BÍBLICA: Mateus 6, 25-34.
  2. MEDITAÇÃO – silêncio – partilha – refrões...
  3. PRECES (de joelhos)

Do fundo de nossa miséria e de nossa angústia, supliquemos ao Senhor que tudo pode:

Ouve, Senhor, eu estou chamando, tem piedade de mim e me responde!

 

- Herodes te perseguiu, Senhor Jesus, quando ainda eras criança. Olha a nossa situação e tem piedade de nós...

- Com choro e lágrimas, por meio do sofrimento, aprendestes a ser fiel ao Pai até o fim. Ajuda-nos a enxergar sua vontade e a confiar em seu amor...

- Prometeste novo céu e nova terra, sem luto, nem choro, nem morte. Mantém viva em nós esta esperança...

- Foste sempre uma boa nova para os empobrecidos. Ajuda-nos, neste momento tão difícil de nossa história a realizar gestos de solidariedade com os sem teto, com as pessoas morando na rua, com os encarcerados, com os mais pobres das periferias do mundo.

- Outras preces...

PAI NOSSO...

OREMOS:

Senhor Deus dos aflitos, ouve nossos pedidos e orações. Tem piedade de nós! Vem em nosso socorro! Sustenta-nos neste momento de sofrimento. Transforma nossas lágrimas em alegria e dá-nos a graça de permanecermos fiéis em teus caminhos. Por Cristo, Nosso Senhor. Amém!

 

  1. BÊNÇÃO

O auxílio de Deus, terna compaixão, nos sustente em nossas aflições, agora e para sempre. Amém!

- Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

   Para sempre seja louvado!

 

Obs.: a comunidade pode usar de sua criatividade para enriquecer cada momento do ofício.